segunda-feira, 19 de abril de 2010

PJ é sacado da 4ª URE poucos dias depois de assumir

Mais uma queda de braço intrna no PT de Marabá promete movimentar o partido nos próximos dias. O professor Paulo Firmino de Sousa Júnior, o PJ, foi dispensado da direção da 4ª Unidade Regional de Ensino (URE) em Marabá, menos de duas semanas depois de assumir o cargo. Ele havia sido indicado pela tendência Democracia Socialista (DS).
Para o lugar dele foi nomeada a também professora Mirani Sertório do Nascimento, ligada à deputada Bernadete ten Caten, da tendência PT pra Valer. Apesar de publicadas na edição de ontem (19) do Diário Oficial do Estado, as portarias de dispensa de PJ e de nomeação de Mirani estão com a data do último dia 15.
Se eles brigam entre si, imagine com que garras afiadas se voltaram aos seus oponentes declarados.
O "bacana" também é ver como a máquina pública está sendo disputada dentro do partido.
Ninguém se entende nesta torre de Babel.

6 comentários:

Quaradouro disse...

A Bernadete e seu grupo, que inclui os "Bonzin" de Itupiranga, mandam também na IFPA (Faculdade rural) de onde acabam de demitir a professora Suelene, esposa do Raimundo Oliveira, ex-superintendente da SR-27, candidatíssimo à Assembléia Legislativa.
PT pra Valer é isso aí...

Dezin disse...

A deputada deve ameaçar de novo fazer as prévias no partido se caso a DS venh ainterferir na sua indicação, foi assim que ela fez no INcra.

O govenro virou um verdadeiro Bolo em disputa.

Anônimo disse...

A DS, não jogou a toalha foi a luta e conseguiu o retorno do PJ.Agora vamos perguntar para o povo oque eles estão achando dessa briga pela 4ªure?Queria igual impenho pela educação dos dois politicos que estaão disputando a ure.

Anônimo disse...

E uma vergonha!um estado que tem um dos piores indices do pais na area da educação,fica loteano a educaçaõ dessa maneira com politicos que não tem compromisso com a escola publica.Ferrerinha(aguia)e bernadeth(aventureira) so querem usar a ure para se eleger nas eleiçoes de outubro.Nos temos uma governadora muito sem moral e sem respeito com a coisa publica.

Anônimo disse...

Sem moral a governadora, isto é um equivoco, pois o cargo é de confiança e de livre nomeação ela põe e tira quem ela quiser na hora que quiser isto é prerrogativa de chefe de Estado . Agora o que esses deputados fazem por ai barganhandos cargos e testando a bala na agulha é que é uma pouca vergonha. Será que a senhora Bernadete não se envergonha do que anda fazendo ? Perseguindo e prejudicando as pessoas que no passado a ajudaram. Isto é cuspir no prato que comeu.

Anônimo disse...

É uma vergonha sim, a governadora deixar uma instituição tão importante como a ure,responsavel pela educação de 13 municipios,no meio de um tiroteio entre dois politicos que so tem interesse em usar politicamente a instituição.Tanto o Ferrerinha e Bernadeth são oportunistas,politicos predadores da coisa publica.